Um blogger comprometido com a Palavra de Deus simples como Ela É, e assim, dessa forma ela é Revelada aos simples. Quem complica para pregar a Palavra quer aparecer mais que Ela, quando a Palavra de Deus, Jesus Cristo e sua ordem de pregar o Evangelho devem ser as únicas coisas importantes para seus servos.

João 3:30

É necessário que ele cresça e que eu diminua.

Páginas

sexta-feira, 11 de maio de 2012

Autoridade




(Isaías 10:1) - AI dos que decretam leis injustas, e dos escrivães que prescrevem opressão.

Vivemos hoje em uma sociedade organizada, em que sem essa organização que chamamos de sistema seria praticamente impossível conviver, pois o sistema separa e organiza: governos, leis, justiça e penalidades para quem não as respeite.
Precisamos respeitar os governos, também precisamos respeitar as leis, pois essas são feitas pelos governos e fiscalizadas pela justiça, sem a qual todo homem poderia viver e fazer livremente qualquer ato de crime ou insanidade sem que alguém o impedisse.
De fato existe sim uma grande vantagem nos sistemas, sobretudo os órgãos de justiça e fiscalização das leis que é feita pelos meios policiais. No entanto é importante notar que tais leis são feitas por pessoas do governo, aqueles do poder legislativo, por exemplo; os deputados, senadores ou vereadores.
Toda autoridade é constituída por Deus, assim Ele diz em Sua Palavra. Ainda que venhamos votar nas eleições é Deus quem permite que através de nosso voto alguém chegue ao poder.
O poder é algo muito desejado por todos os homens, aquele que diz que não gostaria de ter mente, pois o poder trás consigo uma carga de facilidades para viver nesse mundo, mas muitos se esquecem que com o poder vem também a responsabilidade.
Deus muitas vezes permite que homens assumam o poder para que esses sejam usados por Ele para tratar do seu povo, vemos isso em toda a história do povo de Israel, quando o povo era levado pelo rei ou governo a viver de uma forma distante de Deus o povo era castigado, quando o povo era governado por servos eles viviam felizes e muitos desses reis ou governos eram eleitos com esse intuito; de levar o povo a um caminho que Deus queria.
Deus também elege homens para o bem do povo, como aconteceu com Davi e Salomão, épocas em que Israel viveu grande prosperidade, pois esses eram homens de Deus. Não distante hoje é assim, Deus elege pessoas para governar, no entanto são muitos que após tomarem posse de seu cargo esquecem o motivo para o qual foram eleitos; trabalharem para o povo. Então fazem coisas muitas vezes corruptivas e que não fazem bem ao povo, como leis que mais ajudam aos malfeitores do que ao povo, vemos isso em nossa constituição e em nosso ultrapassado código penal que foi escrito em 1940 e tem leis obsoletas, injustas para os tempos em que vivemos.
            Deus não deixa impunes aqueles que decretam leis que mais oprimem o povo do que beneficia.
           Que nós possamos entender que autoridade não são só pessoas de órgãos do governo ou da justiça. É preciso entender que nós muitas vezes somos autoridades para alguém e não sabemos disso, ainda não atentamos para isso.
      Quando, por exemplo, temos empregados, somos professores, ou chefes nas empresas em que trabalhamos, somos autoridades para os que estão abaixo de nós, então muitas vezes corremos o risco de pedirmos tarefas e trabalhos que oprimem as pessoas com uma alta carga de injustiça, sem necessidade ou meramente para dizer quem manda ou para sentir o que é ser autoridade. Se a autoridade no caso for um pastor a responsabilidade é maior ainda.
        Que nós possamos a cada dia vigiar em nossas vidas, e sabermos que se estamos em um lugar de destaque é porque Deus quis assim, e se nós vivermos longe de sua direção podemos ser usados por Ele para o nosso próprio fim.
           Ai daqueles que decretam leis injustas ou trazem opressão para os mais fracos, pois a mão do Senhor é com todo aquele que é humilde e busca Seu santo Nome.

A Ele seja dada a Glória, assim agora, como no dia da eternidade. Amém.

Deus abençoe a ti e aos teus!

Pipa
Apenas um Servo

Nenhum comentário:

Postar um comentário