Um blogger comprometido com a Palavra de Deus simples como Ela É, e assim, dessa forma ela é Revelada aos simples. Quem complica para pregar a Palavra quer aparecer mais que Ela, quando a Palavra de Deus, Jesus Cristo e sua ordem de pregar o Evangelho devem ser as únicas coisas importantes para seus servos.

João 3:30

É necessário que ele cresça e que eu diminua.

Páginas

segunda-feira, 4 de julho de 2011

Afronta


(Salmos 39:1) - EU disse: Guardarei os meus caminhos para não pecar com a minha língua; guardarei a boca com um freio, enquanto o ímpio estiver diante de mim.

Mais do que uma simples parte do corpo usada para se comunicar, a língua, algo tão pequeno pode servir não apenas para dialogar, mas para também causar grandes problemas.
Há uma comparação Bíblica que diz que assim como um grande navio é guiado por um pequeno leme, assim também é nosso corpo que pode ser guiado por nossa língua.
Através de um leme de um navio você pode leva – lo para onde decidir se para águas calmas ou para uma tempestade. Com a nossa língua não é diferente. Proferir algumas palavras fora do tempo e ocasião pode nos trazer grandes problemas, tente falar coisas que não deve na frente de um juiz, por exemplo, você pode ir parar na cadeia.
Quando mais jovem meu pai comprou para mim e meus irmãos cavalos, nos acostumamos rápido a conviver com eles. Crianças cuidando de cavalos acredito ser um bom exemplo sobre manter o equilíbrio e não pecar com a língua.
Se você já teve ou andou de cavalo deve saber que eles usam algo chamado cabresto, um acessório que fica na cabeça e mantém um pedaço de ferro dentro da boca do animal, um pedaço de ferro pequeno chamado freio, fica sobre a língua. Não importa, por mais impetuoso que seja o cavalo ele não resiste ao comando do cavaleiro quando puxa o freio, ele pode ficar inquieto, mas parado ainda que o cavaleiro seja uma criança.
Existe algo em comum entre nossa língua, o leme de um navio e o freio de um cavalo. Apesar de pequenos, todos esses objetos são comandados por alguém; nosso temperamento, um capitão ou um cavaleiro.
Chegará um momento em nossas vidas que alguém nos afrontará por qualquer coisa, no trabalho, aquele colega de trabalho que diz coisas esperando respostas mal educadas para nos desestabilizar. Na escola, os grupos de amigos que se dividem e criticam uns aos outros, no nosso dia a dia.
A coisa mais importante que existe para o controle da língua é o domínio próprio, temperança, mansidão. Principalmente quando as afrontas desse mundo nos são feitas na frente de ímpios para que seja colocada a prova uma das principais características de um Cristão; a paciência e o amor, para suportar e perdoar.
Deixe o julgamento daqueles que te afrontam para quem é o Único e verdadeiro Justo; Jesus.
Quanto mais afrontas você suportar maior vai ser seu livramento de pessoas que querem te prejudicar.

A Ele seja dada a Glória, assim agora, como no dia da eternidade. Amém.

Deus abençoe a ti e aos teus!

Pipa
Apenas um Servo

4 comentários:

  1. Vixe, né que você tá certo!!!
    Mas olha, é tão difícil controlar esse músculo que se fosse grande não causaria tanto estrago...rsrs
    As vezes sinto vontade de esculachar meia dúzia de tipinhos maledicentes, muitas dessas vezes o faço, mas já reparei que, como você falou, ter mansidão é a melhor solução...
    Smacks no coração.

    ResponderExcluir
  2. É, ja dizia o ditado "a palavra é como uma flecha - se disparada pode causar grandes estragos". Por isso é importante que antes de falar, pensar bem para não magoar. Gostei do post - parabéns. Abração Glasson. Valeu

    ResponderExcluir
  3. obrigada,meu irmão deus te abençõe!

    ResponderExcluir
  4. Pois é. É difícil aprender a controlar a lingua, mas é extremamente importante. Palavras ditas são como pregos em uma peça de madeira. Você pode até arrancá-los, mas os buracos permanecerão. O bom é que remendos podem ser feitos, mas sempre serão "remendos". Abraços.

    ResponderExcluir