Um blogger comprometido com a Palavra de Deus simples como Ela É, e assim, dessa forma ela é Revelada aos simples. Quem complica para pregar a Palavra quer aparecer mais que Ela, quando a Palavra de Deus, Jesus Cristo e sua ordem de pregar o Evangelho devem ser as únicas coisas importantes para seus servos.

João 3:30

É necessário que ele cresça e que eu diminua.

Páginas

sábado, 14 de maio de 2011

O conto de fadas que cega o mundo

          

(Provérbios 31:9) - Abre a tua boca; julga retamente; e faze justiça aos pobres e aos necessitados.

            Vejam a foto ao lado e logo estaremos falando sobre isso. Recentemente, como eu disse em artigo anterior, o casamento do príncipe Willian e da moça que não era da realeza, Kate Middleton, ficou um pouco esquecido com a atual notícia da morte de um dos maiores terroristas que já existiram nesse mundo, Osama bin Laden.
            É muito simples. O casamento dos dois ficou esquecido porque quem faz com que nós pensamos e conversamos no dia a dia sobre algo é a tv, os telejornais, ou vai me dizer que quando você chega no trabalho as pessoas logo já não falam sobre o que aconteceu no dia anterior?
            Pelo menos para isso a morte do Osama bin Laden trouxe algo de bom para esse mundo. A oportunidade de o mundo esquecer, ainda que momentaneamente a falsidade escondida por trás da falsa realeza, com escândalos de adultérios, brigas familiares e péssimos exemplos de como se construir uma família. É isso mesmo, a morte do Osama nos fez esquecer uma realeza que se esconde atrás de seu glamour, não só para esconder a podridão de sua família, mas para esconder também a falta de poder político, influência ou falta de interesse de agir ou possivelmente tudo isso junto.
            A morte do Osama nos fez esquecer a realeza suja de sangue, que junto com os americanos e seus demais aliados derramaram sangue pelo oriente em nome da “Guerra ao terror”, mas ao mesmo tempo nos fez lembrar que essa mesma realeza suja de sangue está envolvida nessa guerra que mata milhares de pessoas todos os anos, pessoas que apesar de não serem de sua mesma pátria são seus irmãos, uma vez que todos nós somos criaturas de um mesmo Deus.
            Se alguém duvida que a terra do conto de fadas não está nem aí para os pobres e necessitados é só lembrarmos, nós brasileiros, que temos memória curta, do ilustre e trabalhador brasileiro Jean Charles de Menezes (Gonzaga - MG, 7 de janeiro de 1978 -  Londres, 22 de julho de 2005), era trabalhador e foi morto por engano pela SO19 uma unidade armada da Scotland Yard, essa que é considerada uma das melhores polícias do mundo. Os policias confirmaram que o confundiram com Hamdi Adus Isaac ( Hussain Osman ), suspeito de ter tentado fazer um ataque ao metrô no dia anterior.
            A técnica dos policias ingleses de atirarem primeiro e perguntarem depois só reforçam a minha opinião, humilde é claro, de que é difícil um país que age de tal forma em plena capital de seu país agir de forma diferente em uma guerra. Isso só prova que pelo menos nesse caso a realeza em sua “Guerra ao Terror”, não fez justiça ao pobre e ao necessitado.
            O brasileiro Jean, assim como milhares de outros brasileiros estão agora em outras pátrias tentando trabalhar e ganhar dinheiro que não conseguiram aqui, oportunidades que não conseguiram aqui.
Para esconder sujeiras como essas de vez em quando se casa um príncipe e a tv mostra todo o glamour da cerimônia com as jornalistas sorrindo mostrando todos os dentes para que você só se lembre da moça que encontrou o seu sapatinho de cristal, e não do rapaz que não teve a oportunidade de tornar seus sonhos em realidade por culpa de uma polícia que diz: “Opa! Desculpe matamos o homem errado.”. E o conto de fadas termina assim: “famosos pelo bom coração e pelo enorme senso de justiça. Cinderela e o príncipe foram felizes para todo o sempre.”. (Provérbios 31:9) - Abre a tua boca; julga retamente; e faze justiça aos pobres e aos necessitados.
Bom parece que os contos de fada têm mudado com o tempo, essa coisa de bom coração e enorme senso de justiça esta fora de moda e é história para criança dormir, ficou provado que nem sempre a vida imita a arte.
Não se esqueçam, antes que suas crianças durmam ensinem a elas o caminho em que se deve andar, não o caminho dos contos de fadas, mas sim o da leitura da Palavra para conhecimento, meditação e prática de toda boa justiça.

A Ele seja dada a Glória, assim agora, como no dia da eternidade. Amém.

Deus abençoe a ti e aos teus!

Pipa
Apenas um Servo

Nenhum comentário:

Postar um comentário