Um blogger comprometido com a Palavra de Deus simples como Ela É, e assim, dessa forma ela é Revelada aos simples. Quem complica para pregar a Palavra quer aparecer mais que Ela, quando a Palavra de Deus, Jesus Cristo e sua ordem de pregar o Evangelho devem ser as únicas coisas importantes para seus servos.

João 3:30

É necessário que ele cresça e que eu diminua.

Páginas

quinta-feira, 24 de junho de 2010

Ansiedade. O mal do século.


Quem saberá o peso do mundo? Sua altura, sua largura, e quantos seres humanos nele contêm? Certamente nem os mais estudados cientistas. O homem com toda sua sabedoria conseguiu criar uma ciência chamada estatística que tem por objetivo fornecer métodos e técnicas para lidarmos, racionalmente, com situações sujeitas a incertezas, seja em forma de números quantitativos ou porcentagens.
Tudo que se sabe ao certo é que através dessa ciência podemos aproximar ao máximo um resultado de algo que esperamos amenizando as incertezas do futuro. Acredito que quem desenvolveu essa ciência tinha um alto índice de ansiedade.
Apesar de a Estatística ser uma ciência recente, ela remonta à antiguidade, onde a contagem populacional já era utilizada para obter informações sobre os habitantes e seu poderio militar.
Hoje não é diferente. O homem em busca de prever ao máximo os acontecimentos procura usar de todos os métodos, sejam eles científicos como a estatística ou de crenças em pessoas que dizem poder prever o futuro como cartomantes. A ansiedade levou e sempre levará o homem ao desespero, seja pela incerteza do que não se sabe ou pela certeza do que de bom ou ruim pode lhe acontecer tendo que estar sujeito a espera. A ansiedade nada mais é do que uma tentativa sempre fracassada do homem de suprimir o tempo, cortar caminho. Não se pode cortar caminho quando se trata de tempo, sendo ele uma linha democrática e obrigatória para todos passarem, sejam pobres ou ricos. Todos sofrem e sofrerão os poderes do tempo.
Diz a Palavra de Deus que o homem permanecerá inquieto enquanto não encontrar em Deus o seu descanso.
Voltando as perguntas do início do texto; Quem saberá o peso do mundo? Sua altura, sua largura, e quantos seres humanos nele contêm? Viver com ansiedade é como se o homem se preocupasse com o impossível e quisesse, ainda que sabendo não poder, querer resolver qualquer das causas que ultrapassam seus limites de solução. Pobre homem permanecerá inquieto enquanto não lançar sobre Deus todas as suas ansiedades.
 (Salmos 24:1) - DO SENHOR é a terra e a sua plenitude, o mundo e aqueles que nele habitam. 
Não seria plenitude o conjunto total das coisas existentes? Se do Senhor é a terra e todos os que nela habitam, Ele sabe de tudo. Sabe o que lhe aconteceu ontem, sabe o que lhe acontecerá amanhã e quais serão suas necessidades e dependendo de seu grau de confiança Nele tudo pode ser suprido.
         Esse é o segredo para acabar com o mal do século que dilacera muitos corações e pensamentos. Quantos quando colocam suas cabeças no travesseiro já pensam no dia de amanhã, não sabendo se chegarão a esse dia? Ao invés de viver o presente se entregam as preocupações do futuro, não vivendo assim o tempo presente, pois dele se esquecem, nem o futuro, pois é incerto.
        O mais seguro para que não fiquemos ansiosos é ter a certeza de que Deus quer sempre o melhor para nós, e que com nossas preocupações jamais poderemos acrescentar um milímetro a nossa altura, ou dar qualquer passo adiante de um tempo que temos que percorrer sendo o tempo não um ajuntar de segundos e minutos, mas uma estrada que por ela temos que passar ansiosos ou não.
        Por ser impotente frente ao tempo, resolvi percorrer a estrada e acreditar somente em Deus.

A Ele seja dada a Glória, assim agora, como no dia da eternidade. Amém.

Deus abençoe a ti e aos teus!

Pipa
Apenas um servo

2 comentários:

  1. Certamente a ansiedade é um grande mal, ficamos tão ansiosos com o futuro que esquecemos do presente, ou então ficamos tão ansiosos com o futuro que fazemos do nosso presente um mal sem fim, querendo coisas que talvez nunca teremos e achando que o prazer da vida esta em um futuro de dinheiro e conforto. O maior conforto da nossa vida é estar de bem conosco mesmo, e isso é uma sabedoria sem limite, pois muita gente procura o conforto da alma a vida inteira e não consegue, acabando que no final da vida tem dinheiro e conforto material, mas não tem o conforto da alma e do espírito o que é o mais importante a meu ver.

    Grande abraço amigo e preciso falar com você, vou mandar um e-mail explicando uma situação. Ate +

    ResponderExcluir
  2. Fique a vontade irmão. Deus te abençõe desde já.

    ResponderExcluir