Um blogger comprometido com a Palavra de Deus simples como Ela É, e assim, dessa forma ela é Revelada aos simples. Quem complica para pregar a Palavra quer aparecer mais que Ela, quando a Palavra de Deus, Jesus Cristo e sua ordem de pregar o Evangelho devem ser as únicas coisas importantes para seus servos.

João 3:30

É necessário que ele cresça e que eu diminua.

Páginas

sábado, 6 de fevereiro de 2010

Porque igrejas esvaziam



(Amós 8:11) - Eis que vêm dias, diz o Senhor DEUS, em que enviarei fome sobre a terra; não fome de pão, nem sede de água, mas de ouvir as palavras do SENHOR.
(Amós 8:12) - E irão errantes de um mar até outro mar, e do norte até ao oriente; correrão por toda a parte, buscando a palavra do SENHOR, mas não a acharão.
Assustadora essa palavra, não só porque diz o Senhor que enviaria fome de palavra sobre a terra, mas porque não seria possível matar essa fome.
Quão grandes são os mares, e não seria nada fácil percorrer todos eles atrás da palavra de Deus e depois de todo esse cansaço ainda assim não encontrar um lugar para ouvir a palavra de Deus.
Quando penso em ouvir a palavra de Deus logo penso em ir à igreja, pois lá certamente, é um lugar para onde vamos quando precisamos ouvir a palavra de Deus.
Posso até fazer uma analogia, estabelecer um comparativo do corpo humano, carne, e o corpo humano, espírito.
Imagine você depois de uma manhã de trabalho querer almoçar, logo que lhe vem à fome você lembra de casa ou do restaurante onde costuma ir. Bem, para saciar a sua fome e sede você prontamente toma a decisão de ir para casa ou para o restaurante. Quero lhe perguntar: se você fosse até um restaurante de costume e chegando lá não houvesse nenhum cliente nas mesas e perguntando ao dono do restaurante o que acontecera ele lhe dissesse que não tinha mais comida, qual seria sua reação? De certo sairia correndo para casa, pois lá certamente haveria de ter comida como de costume. Bom uma má notícia para você. Você chegou a casa e também não há um grão de comida.
Tomado pelo desespero você percorreria todos os locais em que se vende alimento e não encontraria, andaria de mar em mar, do norte até o oriente e mesmo assim nada encontraria.
Bom continuando com nossa analogia, imagine agora você em seu trabalho ou sua casa e repentinamente sente uma vontade extrema de ouvir alguém falar sobre a palavra de Deus, é, mas esse dia: “Eis que vêm dias, diz o Senhor DEUS, em que enviarei fome sobre a terra; não fome de pão, nem sede de água, mas de ouvir as palavras do SENHOR.”, já chegou. E agora?
Eu não sei quanto a você, mas eu tenho fome da Palavra de Deus, tenho fome, pois tenho em mim um espírito criado por Deus, e não tenho somente fome física, preciso me alimentar fisicamente e espiritualmente pois Ele mesmo disse: (Mateus 4:4) - Ele, porém, respondendo, disse: Está escrito: Nem só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra que sai da boca de Deus.
Se o filho de Deus, Jesus, quando passou por essa terra precisava se alimentar das Palavras do Senhor quem sou eu para não precisar.
Estamos vivendo dias difíceis em que é difícil achar um lugar onde a palavra de Deus está em primeiro lugar. Graças a Deus ainda não precisei andar de mar em mar para saber onde está sendo pregada sua palavra, bastou eu procurar outro ministério.
É muito comum em nossos dias notarmos igrejas se esvaziando e “pastores” desesperados tentando encontrar formas de atrair pessoas para encherem suas igrejas para os mais variados fins, sejam eles políticos, financeiros ou outro qualquer. Mas não adianta, pois igreja como eu já disse certa vez não é empresa. Não adianta campanha de marketing ou publicidade. Nada faz com que pessoas vão até as igrejas para ouvirem a palavra de Deus se elas já sabem que em determinados locais não vão encontrar.
Acredito que a Palavra de Deus tem resposta para tudo, até mesmo, ou inclusive para o relaxo e descaso do homem para com a sua Palavra.
Não precisa fazer pesquisa para saber por que igrejas estão se esvaziando, a resposta está aí, a negligência para com a palavra de Deus e uma liturgia de culto que privilegia programações humanas, e não guiadas pelo Espírito Santo, muita música, muita conversa fiada e pouca ou nenhuma palavra pregada.
Bom na verdade acredito também que como a misericórdia de Deus não tem fim, ali, logo ali, do outro lado do mar ainda existam homens de Deus comprometidos em dar prioridade a Verdadeira Palavra do Senhor, então quem sabe as igrejas estão esvaziando por aqui e enchendo por ali.

Deus abençoe a ti e aos teus!

Pipa
Apenas um servo

Nenhum comentário:

Postar um comentário