Um blogger comprometido com a Palavra de Deus simples como Ela É, e assim, dessa forma ela é Revelada aos simples. Quem complica para pregar a Palavra quer aparecer mais que Ela, quando a Palavra de Deus, Jesus Cristo e sua ordem de pregar o Evangelho devem ser as únicas coisas importantes para seus servos.

João 3:30

É necessário que ele cresça e que eu diminua.

Páginas

sábado, 6 de fevereiro de 2010

Natal


(II Timóteo 4:3) - Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências;
(II Timóteo 4:4) - E desviarão os ouvidos da verdade, voltando às fábulas.
Papai Noel, em português brasileiro ou Pai Natal, em português europeu, foi inspirado em São Nicolau Talmaturgo, arcebispo de Mira na Turquia, no século IV. Nicolau costumava ajudar, anonimamente, quem estivesse em dificuldades financeiras. Colocava o saco com moedas de ouro a ser ofertado na chaminé das casas. Foi declarado santo depois que muitos milagres lhe foram atribuídos. Sua transformação em símbolo natalino aconteceu na Alemanha e daí correu o mundo inteiro.
Um dia desses fui a um shopping de Vila Velha levar dois sobrinhos de minha esposa e minha sobrinha para ver a casinha do papai Noel. As crianças ficaram abismadas, acreditavam que aquele era mesmo o bom velhinho que da presentes a todo mundo, todo mundo comportado é claro. Fico imaginando a quantidade de político que ficam sem presentes.
Minha sobrinha, desde que aprendeu a falar eu a expliquei que a existência de papai Noel era falsa. Ela não ficou nem um pouquinho triste, pelo contrário o sentimento dela era de que fora enganada no tempo em que acreditou. Desde então todas as vezes que vemos um papai Noel e estamos juntos eu digo a ela:
- “Olha La minha filha, papai Noel não existe", e ela diz:
-“Aquelas crianças ali acreditam", ela diz isso com um sorriso lindo de quem não se sente enganada.
Não contente em desvendar a falsa história de papai Noel, procurei mais informações sobre o “bom velhinho” que estava lá naquele local. Pasmem fiquei ao constatar que o meliante, quero dizer, “bom velhinho”, estava cobrando vinte reais para tirar apenas duas fotos com as crianças, e podem acreditar havia uma fila.Só me faltava essa, além do papai Noel dar presente algum ele estava como um pop star cobrando para tirar fotos, alias nem pop star cobra para tirar fotos com seus fãs.
Como sou desde criança, hiperativo, comecei a produzir coisas em minha mente. Imaginei que daqui alguns dias, já que estamos nos fins dos tempos, pode ser que descubram algum papai Noel pedófilo, se é que algum vagabundo já não usou desse subterfúgio para molestar crianças.
Quer saber? A única coisa para que presta o natal é enganar crianças, iludindo – as, principalmente aquelas que não ganham presente. Como assim? Uma criança se comporta bem o ano inteiro e não ganha presente? Deve ser estranho para uma criança entender isso.
E por falar em natal, essa festa tão pagã, não entendi porque entrou em nossas igrejas e fazemos ate culto para comemorar tal data. Entendo, podemos comemorar o nascimento de Jesus? Tudo bem, agora, seguindo o mesmo calendário católico? Muito estranho. É por causa desse pensamento que deixei a muito de participar na igreja desses cultos de natal, se quiser participem vocês.
Não aceito a desculpa de que não comemoramos o natal e nem usamos a figura de papai Noel, muitas vezes em nossas casas, e de que o culto e apenas feito por causa do clima festivo.
E se nesse natal eu mandar e – mail para alguém desejando feliz natal, cuidado, pode ser um vírus.
Do jeito que as coisas andam, daqui uns dias o pastor vai usar no culto de natal, terno vermelho e logo após o culto de ano novo vamos ter que ir a praia mais próxima, todos juntos, em uma linda comunhão, pular as sete ondinhas no mar.

Deus abençoe a ti e aos teus!

Pipa
Apenas um servo

Nenhum comentário:

Postar um comentário