Um blogger comprometido com a Palavra de Deus simples como Ela É, e assim, dessa forma ela é Revelada aos simples. Quem complica para pregar a Palavra quer aparecer mais que Ela, quando a Palavra de Deus, Jesus Cristo e sua ordem de pregar o Evangelho devem ser as únicas coisas importantes para seus servos.

João 3:30

É necessário que ele cresça e que eu diminua.

Páginas

sábado, 6 de fevereiro de 2010

Mercadores da Palavra


(Mateus 21:12) - E entrou Jesus no templo de Deus, e expulsou todos os que vendiam e compravam no templo, e derribou as mesas dos cambistas e as cadeiras dos que vendiam pombas;
(Mateus 21:13) - E disse-lhes: Está escrito: A minha casa será chamada casa de oração; mas vós a tendes convertido em covil de ladrões.
Covil; cova de feras, abrigo de salteadores. No sentido humano para a palavra, é estar em um local de pessoas com índole duvidosa.
Certamente que você não lerá em toda escritura um texto que narra um episódio em que Jesus está tão chateado com os homens.
Jesus chega ao templo e se depara com uma série de comerciantes, entre eles, de pombas, cordeiros e diversos objetos, esse texto também é retratado nos livros de Marcos, Lucas e João.
A palavra é bem clara, Jesus expulsou todos os que vendiam e compravam no templo, imagino, com alegria, a cena em que O Filho de Deus revestido de toda Autoridade, lança longe, mesas cadeiras, gaiolas e coloca para fora todos aqueles que estavam interessados em fazer do templo um mercado.
Hoje não é diferente, como sempre digo a Bíblia é, e sempre será atual. Um exemplo prático é o fato de existir em nosso tempo um grande mercado de cantores e pregadores, falsos ou não.
Não tenho nada contra um pastor pedir passagens, até mesmo de avião, hospedagem em hotel e oferta para ajuda de seu ministério. No entanto o que me traz profundo repúdio é esses estabelecerem um preço para suas pregações como se essas fossem um produto.
Tudo bem, vamos ser sensatos, existem pastores que pregam muito bem e cobram muito dinheiro por isso, mas eu posso afirmar a vocês que o diabo conhece a Bíblia muito bem e pode usar a muitos para se passarem como grandes pregadores.
Bom que tudo isso existe, é um fato, mas é um fato também que se tem quem vende é porque tem quem compra, como diz o texto: “expulsou todos os que vendiam e compravam no templo,”.
Quem colabora com ofertas para pagar esses mercadores da palavra não passam de preguiçosos e famintos pela palavra de Deus, preguiçosos porque não se dedicam ao estudo da palavra de Deus e muito menos separa um tempo, não o que sobra, mas sim com qualidade, para estudarem verdadeiramente a Bíblia, afinal, para que passar horas lendo a Bíblia e estudando a palavra de Deus, e horas orando pedindo a Deus que lhe dê sabedoria para que compreenda a palavra se já existe alguém que cobra um “cachêzinho” por isso?
Como está escrito: “A minha casa será chamada casa de oração.”
Não há nada pior do que estar em um covil, nome determinado também para a casa de lobos, aliás existe sim, pior é transformar o templo em covil que é a casa dos piores inimigos das ovelhas; lobos.
Bem, continuo nessa linha, alertando através da palavra de Deus aqueles que estão desatentos. Hoje a palavra de Deus está ao alcance de todos nós, em muitos países quem tem uma Bíblia pode ser condenado até a morte.
Tenho certeza que dentro de nossas igrejas existem muitos pregadores sentados nos bancos, com seus terninhos comprados em bazar, enquanto os “grandes pregadores” desfilam seus modelos Giorgio Armani ou Hugo Boss, mas muitos acreditam que a palavra de Deus só virá de alguém bem vestido ou de boa aparência.
Bom como já foi dito, talvez os verdadeiros pastores estejam no deserto, onde o calor é escaldante e não existem holofotes para suas obras nem tampouco platéias para lhes aplaudirem, e o prato principal do dia é: mel e gafanhotos.
Assim caminha a igreja, com passos de formiga, a obra de Deus não, essa não está em covis de ladrões, essa obra se encontra nas mãos daqueles que estão sempre prontos para fazer a obra de Deus, socorrendo pessoas em desespero, mesmo que não recebam o “digno salário”.
Bom, continuo com o mesmo pensamento: melhor ser uma ovelha no deserto, do que estar em um covil para ser a próxima refeição de um lobo mau.

Deus abençoe a ti e aos teus!

Pipa
Apenas um servo

Nenhum comentário:

Postar um comentário