Um blogger comprometido com a Palavra de Deus simples como Ela É, e assim, dessa forma ela é Revelada aos simples. Quem complica para pregar a Palavra quer aparecer mais que Ela, quando a Palavra de Deus, Jesus Cristo e sua ordem de pregar o Evangelho devem ser as únicas coisas importantes para seus servos.

João 3:30

É necessário que ele cresça e que eu diminua.

Páginas

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

Função do Pastor


No geral, é dever do pastor dirigir a Igreja Local e cuidar de suas necessidades espirituais. Em Atos 20.28-31, estão discriminadas algumas atribuições específicas do pastor, tais como: apascentar a Igreja, refutar heresias doutrinárias e exercer vigilância contra pretensos opositores. A figura do pastor é primordial para que a Igreja alcance seus propósitos, devendo o mesmo ter como modelo o próprio Jesus Cristo, qualificado como "o bom pastor" (ver: João 10.11,14 e I Pedro 2.25; 5.2-4).
Quando escuto a palavra pastor, a primeira coisa que me vem a mente é Davi.
Davi, desde sua infância trabalhava no ofício de pastor de ovelhas imagino que seu pai lhe falou:
- “Davi, a partir de hoje é seu dever cuidar e zelar por nosso rebanho de ovelhas. Nessa tarefa enfrentará todo o tipo de problema, tais como: ovelhas rebeldes, doentes que irão requerer sua atenção, aquelas que se perdem pelo caminho durante o caminhar do rebanho e até as protegerá dos inimigos de suas vidas, ursos, leões.“
Davi fora um pastor muito zeloso com suas ovelhas segundo a Bíblia, chegou a matar urso e leão para protege las.
A Bíblia guarda analogias que nos fazem compreender nos dias de hoje a tarefa de um pastor. Acredito firmemente que um pastor, por mais que os tempos estejam evoluídos e o tamanho e a complexidade de uma igreja exijam cuidados, nunca, jamais um pastor deve confundir uma igreja como uma empresa, apesar dessas duas guardarem semelhanças como: finanças e pessoas.
Apesar das semelhanças, a igreja é muito mais importante que as empresas, pois a igreja não fabrica produtos, ela é emissária da Palavra de Deus aqui na terra, no entanto, com tudo isso sendo tão óbvio, ainda existem pastores que confundem seu ministério com o trabalho de um administrador. Vou lhe dizer algo bem óbvio novamente: Pastor é para pastorear e administrador é para administrar, quando essas tarefas se confundem, algo pode dar errado.
Nunca quero estar na pele de um pastor que não exerce verdadeiramente seu ministério. Sabe o que a palavra de Deus diz a respeito:
(Zacarias 11:17) - Ai do pastor inútil, que abandona o rebanho! A espada cairá sobre o seu braço e sobre o seu olho direito; e o seu braço completamente se secará, e o seu olho direito completamente se escurecerá.
Não escrevo utilizando textos fora de seus contextos, leiam o texto acima e ao contexto que se refere e tire suas própias conclusões.
Em minha humilde opinião, o trabalho do pastor deve se restringir a: levar a mensagem de Jesus ao povo de Deus, aconselhar, visitar seus membros, seja em hospitais ou casas e assim como Davi, lutando diariamente para protege las contra o inimigo de suas almas.
Sabemos que se conselho fosse bom ninguém dava, vendia. Acredito que vocês que são pastores podem aceitar esse conselho da Bíblia:
(I Pedro 5:2) - Apascentai o rebanho de Deus, que está entre vós, tendo cuidado dele, não por força, mas voluntariamente; nem por torpe ganância, mas de ânimo pronto;
(I Pedro 5:3) - Nem como tendo domínio sobre a herança de Deus, mas servindo de exemplo ao rebanho.
(I Pedro 5:4) - E, quando aparecer o Sumo Pastor, alcançareis a incorruptível coroa da glória.

Deus abençoe a ti e aos teus!

Pipa
Apenas um servo

Nenhum comentário:

Postar um comentário