Um blogger comprometido com a Palavra de Deus simples como Ela É, e assim, dessa forma ela é Revelada aos simples. Quem complica para pregar a Palavra quer aparecer mais que Ela, quando a Palavra de Deus, Jesus Cristo e sua ordem de pregar o Evangelho devem ser as únicas coisas importantes para seus servos.

João 3:30

É necessário que ele cresça e que eu diminua.

Páginas

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

A única maneira de ter um ano novo de verdade


Tentei buscar escrever uma mensagem de ano novo, mas não consegui. Todo ano é sempre a mesma coisa, feliz natal, feliz ano novo, tenha um ano de vitórias, que esse ano seus sonhos se realizem, essas coisas.
Pensei bem e percebi ao ler esses textos Bíblicos que se seguem que só posso ter um ano novo de verdade se eu me tornar novo. Nascer de novo, ainda que a cada dia, me tornar uma pessoa nova.
Nascer de novo quer dizer ter novos conhecimentos, e nascer de novo todo dia quer dizer não repetir os mesmos erros dos dias que se foram, isso pode acontecer, mas temos que lutar para que não aconteça. Assustado li o texto abaixo e percebi que muitas vezes sou bom com quem conheço, com meus amigos, familiares, mas Jesus sempre me diz que isso é fácil demais, ser bom com quem é bom com a gente.
Devemos ser bom com quem nos odeia, com quem nos da uma fechada no transito e abençoar ao invés de soar a buzina freneticamente, ser bom com quem nos deseja mal, em fim descobri que a essência do amor verdadeiro está em amar quando nosso eu diz que fomos insultados e devemos exigir respeito, como isso é difícil, meu Deus. Amor verdadeiro existe quando sabemos que alguém nos odeia, porém nossas orações são para que Deus abençoe essa pessoa mais do que a nós mesmos. Fazendo assim a Palavra de Deus diz que acumulamos brasas de fogo sobre nossas cabeças, fogo do Espírito Santo.
O melhor exemplo de amor é o de Jesus quando pendurado na cruz, tendo todo poder para tornar todos em cinzas resistiu e amou os seus inimigos mais que a si mesmo, Ele amou a humanidade, Aleluia, Louvado Seja o Senhor Jesus que Venceu a Morte.
Nesse ano novo eu quero desejar a você que adote esse estilo de vida, que não é ensinado por mim mesmo, mas por Deus.
Os textos que mudaram minha vida para sempre estão abaixo. Que Deus te abençoe e mude sua vida também, pois a maior parte de quem diz ser servo de Deus não vive o que essas Palavras dizem.
Que Deus nos de força para que possamos viver cada uma dessas Palavras.
(I João 3: 14 – 17) - Nós sabemos que passamos da morte para a vida, porque amamos os irmãos. Quem não ama a seu irmão permanece na morte.
 - Qualquer que odeia a seu irmão é homicida. E vós sabeis que nenhum homicida tem a vida eterna permanecendo nele.
 - Conhecemos o amor nisto: que ele deu a sua vida por nós, e nós devemos dar a vida pelos irmãos.
 - Quem, pois, tiver bens do mundo, e, vendo o seu irmão necessitado, lhe cerrar as suas entranhas, como estará nele o amor de Deus?
(I João 3: 23 – 24) - E o seu mandamento é este: que creiamos no nome de seu Filho Jesus Cristo, e nos amemos uns aos outros, segundo o seu mandamento.
 - E aquele que guarda os seus mandamentos nele está, e ele nele. E nisto conhecemos que ele está em nós, pelo Espírito que nos tem dado.

A Ele seja dada a Glória, assim agora, como no dia da eternidade. Amém.

Deus abençoe a ti e aos teus!

Pipa
Apenas um Servo

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Você é conhecido como servo de Deus?


 (João 3: 1 – 2) - E havia entre os fariseus um homem, chamado Nicodemos, líder dos judeus.
   Este foi ter de noite com Jesus, e disse-lhe: Rabi, bem sabemos que és Mestre, vindo de Deus; porque ninguém pode fazer estes sinais que tu fazes, se Deus não for com ele.

Existe um fato curioso nesse texto. Nicodemos era um homem, líder dos judeus, chamado por Jesus de professor dos judeus, os mesmos judeus dos quais muitos não criam em Jesus como O Cristo, O Filho de Deus, no entanto, Nicodemos tinha uma opinião formada a respeito de Jesus, ele sabia que Jesus era O Cristo.
O que me deixa curioso com esse texto não é o fato de um dos professores dos judeus crer em Jesus, mas sim o fato de que Nicodemos foi se encontrar com Jesus a noite. A noite, principalmente na época de Jesus era mais difícil identificar as pessoas ao longe devido à luz precária. Nicodemos conhecia a Jesus e o reconhecia como Filho de Deus, porém parece que não queria ser visto com Jesus, afinal ele era um dos líderes dos judeus e ser visto com quem muitos dos judeus não gostavam poderia ser ruim para sua imagem.
Hoje não é diferente. Muitas pessoas vão às igrejas, professam sua fé, mas quando estão nas escolas, trabalho, ou com seus amigos se comportam como a maioria está, afinal muitos não querem ser diferentes, não querem perder suas tribos. Daí então vem os comportamentos que não condizem com a fé que professam e muito menos ao Deus que elas acham que servem.
Nicodemos se encontrou com Jesus a noite, mas o tempo passou e ele um dia, junto com José, retirou Jesus da Cruz preparando o corpo Dele para ser sepultado trazendo mirra e aloés, já não se importava mais ser visto com Jesus. Provavelmente ficou muito feliz também com sua ressureição.
Quantos hoje estão se encontrando com Jesus a noite, de forma escondida, talvez esses são os tímidos e covardes que a Palavra diz que não herdarão o reino de Deus, pois quem nega a Jesus não será conhecido por Ele no grande dia.
Somos conhecidos e as pessoas passam a ter uma ideia de quem somos a partir do nosso comportamento.
Hoje muitas pessoas sabem quem é Jesus, mas será que elas sabem quem é você?

A Ele seja dada a Glória, assim agora, como no dia da eternidade. Amém.

Deus abençoe a ti e aos teus!

Pipa
Apenas um Servo

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Dois pesos duas medida


(Miquéias 6:11) - Seria eu limpo com balanças falsas, e com uma bolsa de pesos enganosos?

Deus nos adverte a não julgar os outros, mas é claro que ele nos pede que sejamos justos. Não podemos julgar os outros, no entanto podemos julgar nossas atitudes, e muitas das nossas atitudes tem a ver com o comportamento de outras pessoas, daí a importância de julgarmos nossos comportamentos e não os outros.
Em toda nossa vida sempre passaremos por situações em que elas irão requerer de nós senso de justiça. Senso quer dizer ideia clara de algum conhecimento. Só podemos ter senso de justiça, ou seja, ideia clara do que realmente ser justo significa, se lemos a Palavra de Deus.
Muitas vezes é mais fácil fazer um julgamento precipitado da situação apenas por conveniência e imediatismo não levando em consideração os direitos do outro quando temos causa contra alguém ou alguém contra nós.
Quando somos dotados de senso de Justiça Divina até mesmo quando sabemos que a situação está a nosso favor abrimos mão da vitória em uma discussão, por exemplo, em prol de demonstrarmos que somos realmente servos de Deus, afinal quem diz que temos que ao ser agredidos na face devemos dar o outro lado para bater é Jesus. Quando agimos assim, como manda o evangelho que para o mundo é loucura, podemos até sermos considerados loucos, mas melhor é seguir a Palavra do que padecer.
Claro que em situações comerciais ou de direitos humanos temos nossos direitos e podemos procurar a justiça dos homens, por exemplo, mas quando se trata de convivência com o próximo em situações que requerem somente nossas atitudes para a qualidade da convivência nunca devemos usar dois pesos duas medidas, fazendo julgamentos usando uma balança que sempre pende para nosso lado nos tornando sujos.
A melhor forma de saber se estamos vivendo de maneira justa é consultar o melhor manual que pode existir, a Bíblia Sagrada. A Bíblia não nos deixa ser bobos ou os chamados expertos, apenas justos, como todo servo de Deus tem que ser. 

A Ele seja dada a Glória, assim agora, como no dia da eternidade. Amém.

Deus abençoe a ti e aos teus!

Pipa
Apenas um Servo

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Caminhos


(Mateus 7:13) - Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela;

Certamente que todos nós no decorrer de nossas vidas passamos por situações difíceis. Os acontecimentos que regem nossas vidas nos levando de um lado para outro não são meramente obras do destino.
Em nossas vidas muitas vezes somos provados, tentados a percorrer uma distância menor ou passar por um caminho mais agradável, porém tudo tem seu preço. Ainda que os caminhos mais curtos exijam de nós menos energia e o caminho mais agradável nos mostre uma paisagem mais bonita a todos nós, nem sempre esse é o caminho correto. Não que o caminho para se chegar a Deus seja difícil e penoso, mas é diferente.
Nesse mundo vivemos em uma sociedade corrompida em seus valores onde aquele que não aproveita uma oportunidade, mesmo que tenha que passar por cima de outros é considerado tolo. Existe uma grande valorização de se chegar ao topo, ser bem sucedido profissionalmente, financeiramente, ter fama. A valorização demasiada da conquista por essas e outras realizações fazem com que muitos deixem de passar pelo caminho correto para escolherem o mais fácil para obter a tão esperada realização.
O grande segredo para escolher o caminho certo em uma estrada que não tem placas é estar ligado não na facilidade e apresentação do caminho, mas no destino.
Quando sabemos que uma estrada cheia de defeitos e dificuldades irá nos levar a um lugar agradável com uma paisagem linda onde nos sentimos bem, faz com que alguns problemas do caminho não sejam de tanta dificuldade, afinal sabemos para onde estamos indo. Assim é nossa vida com Deus. Quando sabemos que estamos muitas vezes passando por caminhos tortuosos e de sofrimento, que não tem placas para descanso devemos saber que o nosso Deus está a nos conduzir por esse caminho e que as dificuldades do caminho não podem ser comparadas com o destino que nos espera.
Hoje, escolha o caminho não pelas enganosas veredas de paz, escolha o caminho por onde Deus quer te conduzir.

A Ele seja dada a Glória, assim agora, como no dia da eternidade. Amém.

Deus abençoe a ti e aos teus!

Pipa
Apenas um Servo

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Tudo que Ele nos pede



(Miquéias 6:8) - Ele te declarou, ó homem, o que é bom; e que é o que o SENHOR pede de ti, senão que pratiques a justiça, e ames a benignidade, e andes humildemente com o teu Deus?

Com a grande quantidade de denominações evangélicas, também surgiram grandes aberrações sobre como deve se vestir ou se comportar um servo de Deus. Longe de querer mostrar para o mundo quem são os verdadeiros servos de Deus, quem prega usos e costumes como doutrina Bíblica mostra que pouco conhecimento tem da Palavra de Deus. Doutrina Bíblica é um conjunto de princípios que norteiam os servos de Deus. Usos e costumes são impostos por líderes religiosos que querem ver os membros de sua igreja em um cabresto, quando nem mesmo eles ou suas famílias respeitam essas normas. Apenas analisem líderes de igrejas que tanto valor dão a usos e costumes.
Deus que é Soberano sobre todas as coisas nunca nos pediu para usarmos essa ou aquela roupa, ser dessa ou daquela igreja, tudo que Deus nos pede é para que sejamos simples e não causemos contendas. O que Deus nos pede sempre seja na maneira de vestir, se comportar ou em qualquer outra área de nossas vidas é sermos moderados.
Deus que é Maravilhoso e misericordioso nos Deu Seu Único Filho para morrer por nós, poderia exigir tanta coisa, no entanto, Ele é simples e a única coisa que Ele nos pede é que sejamos justos, benignos, e que andemos humildemente com Ele.
Não aceite nada além do que Deus lhe pede. Aceitar a viver de maneira mais difícil do que Deus nos pede, se é que o que Ele nos pede é difícil, é viver uma vida cheia de fardos desnecessariamente mostrando somente o exterior, imagem, quando o que realmente devemos é não só aparentar, mas sermos verdadeiramente servos do Deus Altíssimo.

A Ele seja dada a Glória, assim agora, como no dia da eternidade. Amém.

Deus abençoe a ti e aos teus!

Pipa
Apenas um Servo

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Qual o seu valor para Deus?


Estava pensando no que represento para o mundo e para aqueles que estão a minha volta. Percebi que para aqueles que me conhecem e convivem comigo represento algo, mas para o mundo não sou ninguém. Você descobre quando não representa nada para o mundo quando esse mesmo mundo, cheio de sujeira e corrupção, mas vazio de um sentimento de amor pelo próximo, se apresenta para você na maneira como um ser humano trata o outro.
Não importa para mim o valor que o mundo acredita que tenho. Descobri que o mais importante para mim é o valor que Deus me dá e dá a todos, mesmo a esses cheios de rancor e desafeto, sem discriminação, dando o melhor exemplo de como devemos amar também.
O valor que temos para Deus deveria ter um nome, um adjetivo, e poderia ser: Unigênito. Sim, dessa forma poderíamos dizer: Eu tenho um valor Unigênito para Deus. Unigênito quer dizer: único gerado pelos seus pais.
Você agora pode ter uma noção do valor verdadeiro que você tem para Deus? Sua Palavra diz:
(João 3:16) - Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.
Deus amou o mundo, não só os bons, quando deu seu Único Filho para morrer por nós na cruz, Deus amou o mundo inteiro de tal maneira que deu seu Filho unigênito, filho único, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. Um dia vamos renascer como Cristo assim o fez depois da morte na cruz. Ele venceu a morte.
Descobri que não importa o meu valor para o mundo. O que importa é o meu valor para Deus, pois o coração de Deus não se engana e nesse mundo os corações dos homens são enganosos.
Não quero ser amado porque ajudo alguém, não quero ser amado pelo pouco que tenho, não quero ser amado por ser bom. Quero ser amado porque as pessoas veem o amor de Deus em mim, e retribuam da mesma forma que Deus ordenou: Ame ao seu próximo como a si mesmo e ao seu Deus acima de todas as coisas.

A Ele seja dada a Glória, assim agora, como no dia da eternidade. Amém.

Deus abençoe a ti e aos teus!

Pipa
Apenas um Servo

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Educação é diferente de bondade e obediência


 (Mateus 21:28-31) - Mas, que vos parece? Um homem tinha dois filhos, e, dirigindo-se ao primeiro, disse: Filho vai trabalhar hoje na minha vinha.
Ele, porém, respondendo, disse: Não quero. Mas depois, arrependendo-se, foi.
E, dirigindo-se ao segundo, falou-lhe de igual
modo; e, respondendo ele, disse: Eu vou, senhor; e não foi.

Meus pais deram a mim e a meus dois irmãos uma educação exemplar. Sou o filho do meio. Lembro – me que se chegássemos à casa de alguém e agíssemos com falta de educação ou como muitas crianças nós fizéssemos coisas sem pedir aos donos da casa, ou se comêssemos sem medida como nos fora ensinado, teríamos problemas ao chegar em casa. Apenas olhávamos para nossos pais e mesmo se eles estivessem rindo sabíamos que aquele sorriso era de reprovação.
Apesar dessa educação militar, meus pais não nos ensinaram, ou não quiseram algo que muitos pais ensinam, eles nos deram liberdade para escolher, o costume de pedir a benção ou de dizer sim senhor ou senhora. Faço isso hoje por querer e não porque fui obrigado desde criança.
Bom quero chegar com essas palavras no princípio de educação, bondade e obediência. Educação lembra bondade, mas quando é uma boa educação, quando é uma má educação não se lembra de bondade.
Como está escrito na Bíblia o primeiro filho disse não para o pai, e se você puder observar, ele não disse senhor, no entanto com o coração cheio de arrependimento foi trabalhar na vinha do pai, acredito que o filho lembrara-se do modo carinhoso como o pai lhe pedira para que fosse trabalhar na vinha e se arrependeu e foi trabalhar, que demonstração de amor ao pai.
Já o segundo filho respondeu com toda pompa e educação para com os pronomes de tratamento: “eu vou, senhor.”. No entanto esse filho não foi trabalhar.
            Saiba que nem todos que dizem Senhor, Glória a Deus, Aleluia, herdarão o reino de Deus.
            Saiba que nem todos que se apresentam para a sociedade como o bom moço ou moça, tratando com palavras honrosas nossos idosos ou seus pais são verdadeiramente bondosos e obedientes, pode ser que eles foram apenas educados para isso, condicionados. Até cães aprendem a fazer coisas que nós ensinamos.
            Jesus termina essa passagem dizendo que até os publicanos, que eram os cobradores de impostos e as meretrizes creram no que pregava João Batista e por isso entrariam na frente de muitos nos reino dos céus, na frente daqueles que se julgavam bondosos.
            Que nós possamos aprender que nem sempre palavras bonitas é exemplo de bom caráter, bondade e obediência.
            Está aí, também, um exemplo de que não podemos julgar ninguém para o mal nem para o bem, pois por fora podemos perceber a educação, no entanto, a Bíblia nos adverte que podemos conhecer as pessoas pelos seus frutos, mas o julgamento somente Deus pode fazer, pois a bondade e a obediência para com a Palavra de Deus estão dentro do coração, onde só Deus conhece.

A Ele seja dada a Glória, assim agora, como no dia da eternidade. Amém.

Deus abençoe a ti e aos teus!

Pipa
Apenas um servo

sábado, 6 de novembro de 2010

Como um ladrão


(I Tessalonicenses 5:2) - Porque vós mesmos sabeis muito bem que o dia do Senhor virá como o ladrão de noite;

Quando era mais jovem tive a tristeza de terem me roubado duas bicicletas. Infelizmente fui surpreendido pelo o que os especialistas chamam de fator surpresa. Foi bem simples. Em um momento de descuido com o portão da casa aberto alguém entrou no quintal e levou a bicicleta. Acredito que deve ter sido assim por duas vezes.
Não acredito ser tão culpado pelo roubo das bicicletas, me descuidei tudo bem que por duas vezes, mas não fui cuidadoso mesmo já tendo sido roubado, como se o primeiro roubo me avisasse do segundo.
Para mim os roubos das bicicletas foram uma surpresa, eu não estava esperando, e ladrão nenhum, é claro, não avisa quando irá te roubar marcando a hora. Posso dizer que ser roubado sem ver o ladrão e o momento do roubo é de muita surpresa, você só percebe que perdeu algo que tinha certo valor para você.
Amados, assim como a vinda de um ladrão será a vinda de Jesus, sem que Ele avise o dia e a hora, seremos surpreendidos, no entanto o que está em jogo não são bicicletas, mas sua salvação.
É com amor que quero dizer que nesse dia é preciso que você esteja preparado, pois não haverá misericórdia, seremos salvos porque Deus é misericordioso, mas nesse dia se você estiver em pecado não haverá misericórdia para você, pois assim como um ladrão entra em uma casa e muitas vezes não tem pena de ninguém assim será esse dia, não adiantará pedir perdão, se arrepender.
(João 10:10) - O  ladrão não vem senão a roubar, a matar, e a destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância.
Faça uma autoanálise sobre você mesmo hoje e perceba se no dia da vinda de Cristo, se Ele voltasse hoje, Ele viria para você como um ladrão, sem misericórdia, sem perdão, ou se Jesus virá para que você tenha vida, e a tenha com abundância.
O que definirá como Jesus virá para você é você estar sempre a vigiar para que o vosso inimigo não roube de você o que você tem de maior valor. Sua salvação.

A Ele seja dada a Glória, assim agora, como no dia da eternidade. Amém.

Deus abençoe a ti e aos teus! 

Pipa
Apenas um Servo

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Se conselho fosse bom



            (Gênesis 1:1) - NO princípio criou Deus os céus e a terra.

            Existe um ditado estranho que diz: “Se conselho fosse bom ninguém dava, vendia.”.
Acho esse ditado estranho, pois os conselhos são bons, claro, dependendo de quem e embasado em que.
            Devermos ter cuidado de quem recebemos conselhos, pois a Palavra do Senhor Deus nos adverte:
(Provérbios 12:5) - Os pensamentos dos justos são retos, mas os conselhos dos ímpios, engano.
            Achando que você concorda com o ditado, quero lhe dizer então que quero lhe dar um conselho e cobrar por ele, pois esse é um bom conselho e vem da Palavra do Senhor. Se ele é bom então vendo, o preço é uma oração sua por mim e minha família.
            Principalmente para nós jovens, devemos saber sobre a ordem das coisas. Nossa geração é uma geração imediatista, quer tudo na hora, vive em ansiedade não sabendo que ela é muitas vezes fruto do esquecimento do Deus que temos e que diz que para tudo tem seu tempo. Com certeza você já ouviu isso de alguém: “Tem o tempo de Deus para tudo.”.
            Difícil muitas vezes é esperar esse tempo, mas quando lemos As Escrituras entendemos que tudo tem que ter seu tempo, como está escrito: “NO princípio criou Deus os céus e a terra.”. Deus não criou os animais e o homem antes de fazer a terra, primeiro Deus fez uma terra para que o homem pudesse nela por os pés. Há um ditado que diz: “Não se começa uma casa pelo telhado.”. Ou se você preferir: “Não se passa o carro na frente dos bois.”. Tudo isso quer dizer que existe tempo e ordem para as coisas.
            Tempo e ordem, duas coisas muito importantes que devemos levar em conta em nossa vida. Por exemplo, para se comer arroz é preciso preparar a terra, semear e cuidar da lavoura com todo cuidado, acima de tudo, com paciência, até que possa ser colhido o resultado de seu trabalho, no entanto existe não só essa ordem do plantio, mas existe também o tempo de plantar arroz assim como em outras culturas agrícolas.
            Jovens e outros também, têm de estar atentos para a ordem e o tempo das coisas. Talvez hoje você tenha condições de se casar, fez tudo na ordem, estudou, tem um trabalho, uma casa, mas será que é o tempo correto? Você está maduro para Isso? Para viver uma vida com uma mulher como sendo um só corpo?
            Essa é a chave para levar uma vida organizada e ter o melhor proveito de tudo, ordem e tempo. Você pode, por exemplo, ter plantado o arroz na ordem certa, no entanto, se ele for colhido fora do tempo você não terá o melhor proveito desse plantio, o sabor não será o mesmo.
            Lembre sempre que até mesmo o Nosso Senhor dos Exércitos faz as coisas com ordem e no tempo correto, Ele que sabe do passado, futuro e presente. Nós que sabemos pouco de nosso presente temos que respeitar ainda mais essa ordem. Mas não se preocupe, existe um manual para isso, a Bíblia Sagrada.
            A melhor forma de se conhecer a si próprio e Ao Deus que você serve é através da Palavra de Deus.
            Estudando As Escrituras você se conhecerá, corrigirá o que precisa ser corrigido e Conhecerá ao Senhor que é o Deus criador da ordem e do tempo.

A Ele seja dada a Glória, assim agora, como no dia da eternidade. Amém.

Deus abençoe a ti e aos teus!

Pipa
Apenas um servo

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Estacionamento abençoado


 (Jó 5:17) - Eis que bem-aventurado é o homem a quem Deus repreende; não desprezes, pois, a correção do Todo-Poderoso.
(Jó 5:18) - Porque ele faz a chaga, e ele mesmo a liga; ele fere, e as suas mãos curam.

Parecia uma dessas tardes normais de sexta feira. Levei minha esposa ao trabalho, na volta parei em um shopping de vitória para almoçar com um amigo, fizemos um lanche rápido e voltamos para o carro. Quando vimos o carro pude observar que havia dois guardas multando um monte de gente que estava estacionado nas vagas de idosos, as luzes da rádio patrulha ligadas, aquela festa.
Como eles sabiam quem eram idosos? Agora nos estacionamentos para idosos, quem estacionar tem que deixar no painel, a vista dos guardas, um cartão emitido pelo DETRAN senão o carro fica estacionado como de pessoa comum.
Bom o chato não foi saber que as pessoas estavam sendo multadas, o chato era saber que um dos carros era meu.
Quando cheguei ao shopping percebi que tinha uma oportunidade de não pagar estacionamento, lá estava ela, bem na minha frente, uma difícil e reluzente vaga, porém para idosos. Eu, achando que poderia burlar o sistema só saindo com o carro depois de a polícia ir embora, pude constatar, quando voltava para o carro, que na placa dizia: “Estacionamento para idosos. Deixe o cartão.”.
Subitamente perdi a vontade de terminar meu sorvete e ir discutir com os guardas e dizer que parei rapidamente e, portanto não era merecedor de uma multa.
Algo falou ao meu coração. Como se eu pudesse ouvir a voz: “você é um servo de Deus e devia ter obedecido a lei dos homens e não prejudicar um idoso. Agora dê bom exemplo ao seu amigo e não fique irritado com o castigo.”.
Como foi difícil eu dizer: “eu estou errado”, porém eu disse, meu amigo riu, e eu também, disse que no fim das contas merecia a multa pois deveria dar o exemplo.
O fato é que muitas vezes em nosso dia a dia achamos que um erro pequeno aqui outro ali não prejudica nossa vida com Deus. Muitas vezes vemos a oportunidade de levar vantagem em coisas pequenas, um troco errado, um dinheiro que sem explicação apareceu na conta.
No momento em que analisei e percebi que tinha feito algo muito errado me permiti aceitar aquela multa e aprendi a não estacionar mais em locais proibidos. Hoje sei que fui bem-aventurado, pois fui repreendido por Deus. Não desprezei a correção do Todo – Poderoso. Sei que mesmo em situações em que parecemos estar em desvantagem ou regredindo existe um propósito divino para que voltemos a nos analisar e assim pedir perdão a Deus pelos pecados e permitir que as suas mãos nos curem.
Agradeço a Deus por ser repreendido, acredito que essa multa eu pagarei muito feliz e me lembrarei que um dia um simples fato como esse me fez me achegar mais perto de Deus, não precisando passar por provação maior, e que Deus está não só nos grandes negócios, mas que os olhos Dele estão por toda parte, pois assim diz a Sua Palavra: (II Crônicas 16:9) – “Porque, quanto ao SENHOR, seus olhos passam por toda a terra, para mostrar-se forte para com aqueles cujo coração é perfeito para com ele...”.
Ter um coração perfeito para com Deus é muito mais do que ir a igreja. A maior parte de nossas vidas no servir a Deus está fora da igreja, onde estão às tentações, as falsas vantagens. Ter um coração perfeito para com Deus é ter prazer em conhecer sua Palavra e obedecer a cada dia, pois só existe valor em conhecer a Palavra de Deus se obedecermos e levarmos adiante o que aprendemos indo a Sua casa.

A Ele seja dada a Glória, assim agora, como no dia da eternidade. Amém.
         
         Deus abençoe a ti e aos teus!
         
        Pipa
        Apenas um servo

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Andando com Deus



(Salmos 89:15) - Bem-aventurado o povo que conhece o som alegre; andará, ó SENHOR, na luz da tua face.

O som é uma freqüência de ondas que quando chega ao ouvido humano de acordo com a freqüência gera vários tipos de som.
Deus é maravilhoso, Ele criou a música que é uma das formas pela qual o ser humano se comunica diretamente com Ele. Não existe coisa melhor do que louvar a Deus em todo tempo, não só em tempos de alegria, mas também na tristeza, pois quando louvamos na tristeza o louvor nos traz alegria.
Quando queremos ouvir uma música, geralmente, ligamos o rádio e o sintonizamos em uma freqüência de uma rádio evangélica e a partir daí começamos a ouvir músicas que em sua maioria são feitas para o Senhor. Existe algo que você precisa saber, assim como um rádio nós também, se quisermos andar com o Senhor, devemos estar em sintonia com Ele, precisamos estar na mesma freqüência.
Não existe nada melhor do que ouvir o som que vem do alto, quando oramos e sentimos a presença do Senhor, se você nunca sentiu isso eu peço a Deus que Ele lhe de forças para buscar, pois quando estamos na presença de Deus não existe nada mais maravilhoso é como ouvir uma música na qual nem conhecemos quais os instrumentos musicais é algo que realmente só ouviremos na Glória.
Falando em Glória eu quero lhe dizer que um dia nós seremos chamados por Deus e por Jesus, O Cristo, Filho de Deus, para morarmos na Glória, e como Ele irá nos chamar? Ao som de trombetas, que dia maravilhoso será ouvir o som que vem do céu nos chamando para morar com Deus. Mas eu quero te alertar porque somente quem está em sintonia com Deus, somente quem está na mesma freqüência irá ouvir esse som.
O meu desejo é que você a partir de hoje esteja em alerta, busque a Deus, busque estar em sintonia com Ele, e a melhor forma de estar em sintonia com Ele é amar ao seu próximo como a você mesmo e a Deus acima de todas as coisas.
Somente Deus, eu sou a prova viva disso, pode lhe dar a alegria e felicidade que você busca. Você nunca encontrará felicidade no dinheiro, no carro que você sonha ter, na casa, na lancha no que for. A alegria que você procura e já bateu em tantas portas e nunca encontrou, mesmo tendo se esforçado tanto, só pode estar em um lugar, na Presença do Senhor.
Essa é a melhor forma de saber se estamos em sintonia com “o som alegre”, é estando continuamente na presença do Senhor.
Louvarei ao Senhor em todo tempo e o seu louvor estará continuamente em minha boca.
Tudo quanto tem fôlego, louve ao Senhor.



A Ele seja dada a Glória, assim agora, como no dia da eternidade. Amém.

Deus abençoe a ti e aos teus!

Pipa
Apenas um servo

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Graça



            (Efésios 6:24) - A graça seja com todos os que amam a nosso Senhor Jesus Cristo em sinceridade. Amém.

            Graça quer dizer, favor imerecido de Deus. Ou seja, é quando pedimos algo a Deus, e Ele por iniciativa própria movido por sua misericórdia, nos concede o que pedimos e muitas vezes o que nem pedimos.
            No texto Bíblico acima que é uma despedida de uma das cartas para uma das igrejas, nos faz entender; que a graça seja com todos que amam a Jesus Cristo com sinceridade. Sinceridade quer dizer: ser verdadeiro, íntegro, falar a verdade, ter lisura de caráter.
            Amar a Jesus em sinceridade é amar sendo verdadeiro. É amar a Jesus pelo que Ele é e não pelo que Ele pode nos dar. Se você é sincero você fala a verdade, logo se você ama a Jesus em sinceridade e fala a verdade você também fala sobre Jesus que É A Verdade, você anuncia A Verdade.
            Amar na sinceridade é amar na dificuldade, amar nas guerras, na doença, na tristeza. Amar em sinceridade é dizer a Jesus: Te amo porque o Senhor me amou primeiro, te amo pois o Senhor deu a vida por mim e pela graça eu sou salvo mediante a fé em Ti Jesus.
            Percebeu uma das atribuições da graça? É a salvação, a vida eterna, mas você só pode ter isso se amar a Jesus com sinceridade. Quem é sincero é simples, verdadeiro e franco.
            Amar a Jesus é amar a Ele e o que Ele dizia. Viver Jesus, ser franco como Ele era franco, ser franco é ser, sincero, desimpedido, desembaraçado, espontâneo. Essas são algumas características de Jesus e que também temos que ter, pois quem ama com sinceridade confia e obedece aos ensinamentos daquele que ama, e se nós obedecemos aos ensinamentos de Jesus somos sinceros para com Ele e alcançados, ainda que não merecedores, pela Graça de Deus.
            Se você é sincero para com Deus tudo quanto pedires com fé em nome de Jesus vos será concedido pelo Pai, pois se amamos com sinceridade a Jesus somos co-herdeiros Daquele que nos amou primeiro e nos deu livre acesso a Deus e seu amor.

A Ele seja dada a Glória, assim agora, como no dia da eternidade. Amém.

Deus abençoe a ti e aos teus!

Pipa
Apenas um servo

terça-feira, 14 de setembro de 2010

Descanso

    

            Como é difícil para muitos de nós quando estamos em aflições simplesmente esperar com paciência sabendo que tudo irá dar certo, somente crer no Senhor. Muitas vezes precisamos ouvir de outros, palavras de ânimo, A Palavra de Deus não nos basta? Toda a Glória das Vitórias do povo de Deus por servi – lo?
            As aflições desse mundo são tantas que às vezes damos a elas maior grandeza do que elas mesmas representam. Foi assim no tempo do rei Ezequias. O povo que estava em Judá e em Jerusalém muito temeu o exercito de Senaqueribe rei da Assíria, uma grande nação naquela época.
            Como sempre o povo de Deus era minoria, mas isso para que em suas vitórias o nome de Deus fosse sempre glorificado, pois o povo tinha inclinação para ídolos e o desviar dos caminhos de Deus achando serem eles fortes pelos seus exércitos.
            Ao ver o povo com medo disse Ezequias:
            (II Crônicas 32:7) - Esforçai-vos, e tende bom ânimo; não temais, nem vos espanteis, por causa do rei da Assíria, nem por causa de toda a multidão que está com ele, porque há um maior conosco do que com ele.
            (II Crônicas 32:8) - Com ele está o braço de carne, mas conosco o SENHOR nosso Deus, para nos ajudar, e para guerrear por nós. E o povo descansou nas palavras de Ezequias, rei de Judá.
            Talvez hoje você esteja passando por problemas que a seu ver são muito mais poderosos do que você, no entanto como diz As Escrituras, “Com ele está o braço de carne, mas conosco o SENHOR nosso Deus, para nos ajudar, e para guerrear por nós.”.
            Ainda que as aflições e ansiedades estejam lhe rodeando como aqueles que rodeavam a Jerusalém, você pode confiar, pode confiar se em seu coração não há pecado.
            Antes de qualquer atitude de ter fé e confiar somente em Deus, Ezequias tomou uma providência:
            (II Crônicas 32:12) - Não é Ezequias o mesmo que tirou os seus altos e os seus altares, e falou a Judá e a Jerusalém, dizendo: Diante de um único altar vos prostrareis, e sobre ele queimareis incenso?
            Ezequias sabia quem era e em quem podia confiar, pois levou o povo a buscar não a ídolos, mas ao Único Deus Verdadeiro. Enquanto você não retirar os altos e os altares de seu coração, como fez Ezequias com o povo, não poderá contar com a força de Deus. Se seu coração estiver impuro tudo que você terá é um braço de carne para te ajudar. Braço de carne quer dizer somente recursos humanos, ferramentas, médicos, remédios feitos por homens, exércitos humanos, não que esses não tenham valor, pois muitas vezes o Senhor usa esses para nos ajudar, mas quando você purifica seu coração você pode dizer para o mundo: com você está o braço de carne, mas comigo está o Senhor meu Deus. O Senhor dos exércitos, não exércitos humanos, mas de anjos, porque aos seus anjos Ele dará ordem ao seu respeito.
            (II Crônicas 32:21) - Então o SENHOR enviou um anjo que destruiu a todos os homens valentes, e os líderes, e os capitães no arraial do rei da Assíria; e envergonhado voltou à sua terra; e, entrando na casa de seu deus, alguns dos seus próprios filhos, o mataram ali à espada.
            Deus é tão maravilhoso que não enviou um exército de anjos não, enviou “unzinho” só que destruiu todo o exército do rei da Assíria, então ele voltou envergonhado para sua terra e quando ele chegou lá foi buscar abrigo ao seu deus de madeira e entrando na casa de seu deus alguns de seus próprios filhos lhe mataram a espada. Que fim vergonhoso e triste.
            Hoje se você quer descansar, não importa para mim qual seu problema, eu tenho a solução: O Senhor, Jesus Rei dos Reis. No entanto você tem que viver o que manda nosso Deus e se conhecer. Se você se conhece sabe a quem você serve e quem serve Ao Deus de Israel pode descansar.
            Ezequias sabia quem era, e você? Sabe quem é? Espero que sim.

A Ele seja dada a Glória, assim agora, como no dia da eternidade. Amém.

Deus abençoe a ti e aos teus!

Pipa
Apenas um servo

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Servos

    
            Houve um tempo em que o povo de Deus era levado por alguns de seus reis a pecarem contra o Senhor, como foi no tempo de Roboão:
(II Crônicas 12:1) - SUCEDEU que, havendo Roboão confirmado o reino, e havendo-se fortalecido, deixou a lei do SENHOR, e com ele todo o Israel.
            O povo de Deus sempre passava por tempos de Paz e tempos de guerra, no entanto se o povo de Deus estivesse na presença do Senhor nenhum inimigo seria forte para deter o povo de Deus.
            Em uma época que Deus se mostrava fortemente presente com o povo ainda assim eles o abandonavam e adoravam a ídolos e não obedeciam aos Estatutos do Senhor, mas ainda bem que o Senhor sempre, até mesmo hoje corrige seu povo, como um navegador que corrige o curso de um navio para que ele chegue ao seu destino correto.
            A história nos mostra que Deus decidiu castigar o povo deixando os cair nas mãos de seus inimigos, porém o povo de Deus, como sempre, alertado por seus profetas resolveram se humilhar e voltarem para Deus para que Ele não os julgasse de tal forma e os perdoa – se. Deus perdoou, mas como sempre resolveu ensinar ao povo e lembra – los de que melhor é servir a Deus do que aos homens ou qualquer ídolo:
(II Crônicas 12:8) - Porém serão seus servos; para que conheçam a diferença da minha servidão e da servidão dos reinos da terra.
            Quem não obedece aos Estatutos do Senhor sempre servirá ao príncipe desse mundo, nosso inimigo, o inimigo de nossas almas. Servir a Deus é sobremaneira melhor do que servir aos reinos dessa terra. Servir aos reinos dessa terra é ser escravo de caprichos, orgulho, avareza, idolatria, ganância, amor demasiado ao dinheiro, busca desenfreada por ser aceito por uma sociedade hora corrupta e um grande desejo de ter ostentação em busca de ser aceito ao invés de ser alguém que realmente tem valor para o próximo e para Deus.
            Prefiro servir a Deus, pois vale a pena todo tempo morrer por essa causa de servir Aquele que nos criou e juntamente com Seu Filho nos deu todas as coisas, alegria, força, amor e paz verdadeiros. Como diz as Escrituras Sagradas:
            (Mateus 11:30) -  Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve.
            Essa é a diferença de servir a Deus aos homens, aos reinos dessa terra. O jugo do Senhor é suave e o seu fardo é leve. Para ter uma vida de Paz e amor ao lado dos que amamos e principalmente ao lado do Senhor o melhor é servir verdadeiramente a Deus e nos aperfeiçoarmos a cada dia para que em sua vinda Ele nos encontre irrepreensíveis.

A Ele seja dada a Glória, assim agora, como no dia da eternidade. Amém.

Deus abençoe a ti e aos teus!

Pipa
Apenas um servo

terça-feira, 10 de agosto de 2010

De quem você recebe conselhos?


(II Crônicas 10:4) - Teu pai fez duro o nosso jugo; agora, pois, alivia tu a dura servidão de teu pai, e o pesado jugo que nos impôs, e nós te serviremos.

Com o passar do tempo e com a sucessão dos reis de Israel que saíram da casa de Jessé, o mais conhecido deles Davi, o povo vinha aos reis pedindo mudanças na forma de governo. Roboão foi o segundo na linha de sucessão de Davi tendo como governo anterior o rei que foi conhecido por sua sabedoria dada por Deus, a saber, Salomão.
Percebemos logo que Roboão tinha uma grande missão; governar o povo com sabedoria como fizera seu antecessor, Salomão. Para isso, um homem que não tinha a sabedoria de Salomão ele podia buscar conselhos como fez seu pai. Roboão recebeu um conselho prático que determinaria o destino de seu governo: “Se te fizeres benigno e afável para com este povo, e lhes falares boas palavras, todos os dias serão teus servos.” IICrônicas 10: 6 – 16.
Roboão não aceitou o conselho dos anciãos, preferiu o conselho dos jovens que com ele cresceram. Um desastre, rejeitar o conselho de homens, anciãos, homens que tinham a experiência de convivência com aquele que de mais sábio passara sobre a terra, Salomão, e buscavam a Deus.
Ao invés de um conselho de ser amável para com o povo, Roboão preferiu esse conselho dado pelos jovens que com ele cresceram: “Assim que, se meu pai vos carregou de um jugo pesado, eu ainda aumentarei o vosso jugo; meu pai vos castigou com açoites, porém eu vos castigarei comes corpiões.”
            Não poderia acontecer diferente, Roboão, errou e teve que pagar pelo seu erro, esse que deu início na primeira revolta das doze tribos separando todo o Israel: (II Crônicas 10:16) - Vendo, pois, todo o Israel, que o rei não lhe dava ouvidos, tornou-lhe o povo a responder, dizendo: Que parte temos nós com Davi? Já não temos herança no filho de Jessé. Cada um à sua tenda, ó Israel! Olha agora pela tua casa, ó Davi. Assim todo o Israel se foi para as suas tendas.
O que podemos aprender com isso? Roboão, ao contrário de muitos reis de Israel que começou a reinar cedo, começou o seu reinado com quarenta e um anos, já havia vivido o suficiente para entender quem era Davi e quem era Salomão e com quem eles andavam. Eles preferiam os conselhos de anciãos, homens que já haviam vivido o suficiente para terem respostas para o povo e em que essas respostas resultariam. Roboão não agiu apenas com caprichos de um jovem rei, já tinha idade o suficiente para entender de quem vinha os melhores conselhos.
            Roboão parecia não conhecer as palavras escritas por seu pai: (Provérbios 11:14) -  Não havendo sábios conselhos, o povo cai, mas na multidão de conselhos há segurança.
            De quem podem vir sábios conselhos? Daqueles que com nós cresceram precisando também de conselhos ou daqueles que no dia a dia buscam a sabedoria em suas experiências com Deus e em Sua Palavra?
            Quando buscamos estudar a Palavra de Deus e viver A Palavra, aprendemos o que é sábio e na multidão dos conselhos adquiridos através da Palavra do Senhor existe segurança, sabedoria.
            Hoje talvez, você precisa de conselhos, conselhos que podem mudar o curso de sua vida, no entanto eles não podem advir de pessoas que são diferentes de você, mas sim de quem já viveu o suficiente não só em experiências, pois velhice não quer dizer sabedoria, mas sim de quem une experiências de vida e vivência das Palavras que saem da boca de Deus.
            Portanto hoje decida procurar conselhos com aqueles que se mostram comprometidos com a Palavra do Senhor, pois nada é melhor do que Aquele que tem As Palavras de Vida Eterna.

A Ele seja dada a Glória, assim agora, como no dia da eternidade. Amém.

Deus abençoe a ti e aos teus!

Pipa
Apenas um servo

quinta-feira, 29 de julho de 2010

Guarde seu coração, guarde sua vida.


(Provérbios 4:23) -  Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida.

Ainda que enganoso e inconstante o que há de maior valor para o homem é o seu coração. Dele procedem o bem e o mal, paz ou guerra, amor ou raiva, sentimentos que se divergem.
Ainda que enganoso e inconstante, o coração é responsável também pelas melhores coisas de que se pode fazer o homem. Ser generoso, amigo, empático, amar a Deus acima de todas as coisas. Amar a Deus, quem ama a Deus verdadeiramente torna seu coração constante e firme em um único caminho.
O amor a Deus nos garante que obedecemos a seus estatutos, pois quem ama alguém faz o que o amado aprova para que não o entristeça.
Sobre todas as coisas que devemos guardar nesse mundo segundo As Escrituras, é o coração, pois dele procedem, no plural, as fontes da vida. O que seria as fontes da vida? Deus, Jesus, Espírito Santo, Sua Palavra e mais um monte de outras coisas que achamos muito necessárias.
Quando guardamos nosso coração, nos escondemos do mal, dos caminhos tortuosos, pois é assim a única maneira de manter as fontes da vida.
Já esteve em uma nascente? Uma nascente quase sempre é um pequeno lago de meio metro de diâmetro e um palmo de fundura, suas águas límpidas, transparentes como cristal, e dele jorra constantemente água fazendo com que em sua superfície a água fique a dançar. O que se não percebe a primeira vista é que esse pequeno lago sustenta com água grandes cidades porque dele sai um pequeno risco de água e vai descendo e se tornando mais a frente em um rio que ninguém pode conter.
Agora você entendeu porque se deve guardar seu coração? É porque dele procedem às fontes, ou seja, mais de uma fonte. Imagine o maior rio do mundo, é extenso, largo e fundo, abundante em água, que para nós é imprescindível para que vivamos.
Quando você guarda seu coração você está guardando essas nascentes, protegendo os mananciais para depois desfrutar de rios que jorram águas vivas através de suas fontes.
Guarde seu coração e se preocupe com ele acima de tudo, examine a si mesmo quando se deitar ou no dia a dia, pois desse exame e do guardar o seu coração dependem o seu futuro para uma vida cheia de bênçãos.



A Ele seja dada a Glória, assim agora, como no dia da eternidade. Amém.

Deus abençoe a ti e aos teus!

Pipa
Apenas um servo

segunda-feira, 26 de julho de 2010

Até onde podemos chegar


(Gênesis 28:11) -  E chegou a um lugar onde passou a noite, porque já o sol era posto; e tomou uma das pedras daquele lugar, e a pôs por seu travesseiro, e deitou-se naquele lugar.

Quem sabe você já chegou a algum lugar e a noite está por vir, pois o sol já está posto. Muitas vezes achamos, em nosso dia a dia, quando estamos em luta que já passamos por tudo que tínhamos que passar então nos perguntamos: Será que agora tem como as coisas piorarem? Se você um dia fez essa pergunta certamente já murmurou pois sempre que estamos em luta e fazemos essa pergunta a Deus é porque já estamos tomados de falta de esperança, descrença e fé de que algo bom possa acontecer.
Saiba que enquanto não for a terra por nosso estrado e uma pedra como nosso travesseiro sempre tem como as coisas piorarem, a luta não chegou ao fim. Por mais que achamos que não vamos agüentar as lutas e dificuldades, Deus só nos deixa passar por aquilo que agüentamos, Ele não nos da um fardo maior do que podemos suportar.
Então se você ainda tem uma casa, alimento e uma cama para seu descanso certamente não deve murmurar. Murmurar, o ato de não cometer esse erro é o principal responsável para Deus fazer com que nossas lutas se convertam em vitórias, quando murmuramos voltamos para o primeiro degrau da escola de Cristo.
Seja feliz por ser provado pois Deus só prova quem Ele ama, as provações servem para Deus dizer para o inimigo de nossas almas que nós louvamos e engrandecemos Deus acima de todas as coisas e que O Amamos mesmo Ele não nos dando o que queremos, ou seja O Amamos pelo o que Ele É e não pelo o que Ele tem para nos oferecer, um amor puro, que não depende de dinheiro, presentes, vitórias, mas que mesmo na tempestade das adversidades se mostra forte e verdadeiro.

A Ele seja dada a Glória, assim agora, como no dia da eternidade. Amém.

Deus abençoe a ti e aos teus!

Pipa
Apenas um servo

quinta-feira, 15 de julho de 2010

Fim mais rápido do casamento e das palmadas para as crianças?


     


     Foi se o tempo em que políticos para fazerem leis se baseavam em autoridades religiosas ou Aquele que para a maioria das religiões no Brasil, pelo menos as principais, católica e evangélica, é O Maior e Melhor dos Livros, o manual de vida dos seres humanos, A Bíblia.
     Prova de tal acontecimento são as leis que estão para serem aprovadas e as que já estão em vigor; fim mais rápido do casamento em cartório, e fim das palmadas ou os chamados exageradamente por eles, como se fosse tortura, castigos físicos para crianças.
     Segundo as Escrituras um casamento entre um homem e uma mulher só pode terminar por dois motivos; adultério, que é a traição de um dos conjugues ou morte de um deles. A cerca disse nos alertou as Escrituras; 
      (I Corintios 7:8 - 9) - Digo, porém, aos solteiros e às viúvas, que lhes é bom se ficarem como eu. 
      Mas, se não podem conter-se, casem-se. Porque é melhor casar do que abrasar-se. ( melhor casar do que pecar. )     
      (I Corintios 7:10 - 11) - Todavia, aos casados mando, não eu mas o Senhor, que a mulher não se aparte do marido. 
     Se, porém, se apartar, que fique sem casar, ou que se reconcilie com o marido; e que o marido não deixe a mulher.
     Quando se trata de educação para as crianças as Escrituras são diretas a correção, castigo, mesmo com vara para advertência das crianças para que aprendam a andar no caminho correto. 
     (Provérbios 13:24) -  O que não faz uso da vara odeia seu filho, mas o que o ama, desde cedo o castiga. 
     (Provérbios 23:13) -  Não retires a disciplina da criança; pois se a fustigares com a vara, nem por isso morrerá.
     Claro que a Palavra de Deus não dá margem alguma para que se espanquem crianças, no entanto, com essa desculpa os legisladores querem criar a lei que proíbe o puxão de orelha dos pais.
     Acredito que toda lei que for criada para cuidar de nossas crianças e mulheres serão bem vindas, no entanto, o Estado não deve de forma nenhuma querer definir como um pai de família educará seus filhos, pois o pai que ama seus filhos sabe qual é o limite de castigo e espancamento, maus tratos.
     Mais uma vez, corremos o risco de legisladores loucos que não respeitam as escrituras, já á muito tempo, de se colocar adiante de nossos direitos e deveres e nos obrigarem a vivermos como eles, na impunidade, na verdade essas leis só servem para mostrar o que querem a maioria dos políticos; é criar uma raça parecida com a deles; que vivem em sua maioria como crianças que cometem travessuras e depois de suas mentiras e furtos ficam livres de palmadas dos pais.

Pipa
Apenas um servo